Comunicado da Presidência do STJ


​​​​O Superior Tribunal de Justiça (STJ) informa que a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STI) segue restaurando o ambiente tecnológico afetado pelo ataque hacker, no último dia 3.

Os ajustes nos sistemas de informática estão sendo finalizados, reduzindo os episódios de lentidão ou quedas de acesso. Ainda hoje, quinta-feira (12), deve ser restabelecido o acesso ao sistema da Biblioteca do Tribunal e da BDJur – repositório mantido pelo STJ que possibilita acesso a diversos conteúdo da área jurídica.

As centrais telefônicas, que retornaram parcialmente nesta quarta-feira (11), estarão até o fim do dia operando plenamente – o número para informações processuais é: (61) 3319-8410. 

Os colegiados voltaram a realizar suas sessões virtuais, que analisam durante sete dias os chamados recursos incidentais – embargos de declaração, agravos internos e agravos regimentais. As sessões por videoconferência serão retomadas na próxima terça-feira (17), conforme o calendário disponível no Portal do STJ. 

Na terça-feira (10), o superintendente regional da Polícia Federal (PF) e o delegado responsável pela apuração do ataque cibernético estiveram reunidos com o presidente da Corte. O objetivo do encontro foi solicitar novos arquivos para o aprofundamento da investigação, no que foram prontamente atendidos pela direção do Tribunal.

A apuração pela PF se estende aos efeitos do ataque hacker à rede de tecnologia da informação do tribunal, inclusive com relação ao alcance do acesso aos arquivos, bem como sobre eventual cópia de dados. A investigação do crime segue em inquérito sigiloso.

Ministro Humberto Martins
Presidente do STJ/CJF 

Posted in Notícias - Caposoli Advocacia.