Em posse dos novos dirigentes do TRF2, presidente do STJ pede dedicação à causa da cidadania


"Façam valer o seu tempo, dediquem-se de corpo e alma à causa da magistratura e à causa da cidadania, travem o bom combate dos fortes e vitoriosos, deem a sua contribuição em busca da igualdade, em busca da solidariedade, em busca do amor ao próximo, e deixem a sua marca na construção de um mundo melhor. As palavras foram pronunciadas pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, ao participar na tarde desta quinta-feira (8) da posse da nova gestão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) para o biênio 2021/2023.

O ministro parabenizou a direção anterior pelo trabalho desempenhado no biênio que se encerra e desejou sucesso aos desembargadores federais Messod Azulay Neto, Guilherme Calmon Nogueira da Gama e Theophilo Antonio Miguel Filho, que assumiram, respectivamente, a presidência, a vice-presidência e a corregedoria da Justiça Federal da 2ª Região.

O evento ocorreu de forma on-line, devido às recomendações das autoridades sanitárias para prevenção da Covid-19. Apenas estavam no plenário do TRF2 os membros da mesa diretora e os desembargadores que iriam tomar posse.

Satisfação do cid​adão

Ao homenagear o novo presidente do TRF2, Messod Azulay Neto, Humberto Martins citou pronunciamento em que o desembargador prometeu uma gestão voltada para a satisfação do jurisdicionado, a melhoria da qualidade dos serviços e do acesso à Justiça, e a busca por respostas mais rápidas nos processos. "Estamos juntos nessa jornada de tempos difíceis, que exigem coragem e união de esforços", afirmou o presidente do STJ.

Messod Azulay agradeceu os cumprimentos e declarou que pretende trabalhar por uma Justiça mais efetiva, em que o juiz tenha um papel social, comprometido com o bem comum e não apenas com o cumprimento das leis.

"O Judiciário não pode ser visto só como um poder estatal destinado à solução de conflitos. O juiz não é uma pessoa indiferente e fria. O juiz promove paz nos movimentos familiares, individuais, econômicos, sociais e políticos da nação", afirmou o novo presidente do TRF2.

Também participaram da solenidade os ministros do STJ Jorge Mussi (vice-presidente), João Otávio de Noronha, Luis Felipe Salomão, Benedito Gonçalves, Villas Bôas Cueva, Marco Aurélio Bellizze, Antonio Saldanha Palheiro e Joel Ilan Paciornik.

Posted in Notícias - Caposoli Advocacia.